Casa Martinello no Apê – parte 1

Olá!

Pessoal enquanto por aqui as coisas estavam empoeiradas, o meu dia a dia estava pura agitação e cansaço. Quem me acompanha no face e no insta viu que eu, a “dona” da casa juntamente com minha família estávamos de mudança para o apê. A gente já estava programando essa mudança para esse ano, mas aconteceu de encontrar o apê que gostássemos na véspera de uma viagem, e esse mês retornei ao meu antigo trabalho depois de quase 2 anos, então dá para imaginar como as últimas semanas foram agitadas por aqui? Tudo isso, com um pequenino ajudando, hehehehe!

Mas antes de tudo gostaria de compartilhar que essa mudança não foi nada fácil, tanto fisicamente quanto pelo lado emocional:

Meu sonho sempre foi morar numa casa com quintal, filhos, marido, cachorro, churrasqueira, nada muito grandioso, mas um lar confortável para todos, nunca ansiei morar em apartamento, na verdade a última vez que morei num apê eu tinha meses então não tenho lembranças. Durante toda minha vida morei em casa, na infância era uma casa pequena, mas com quintal e muitos amigos para brincar na rua. Na adolescência nós mudamos para um condomínio um pouco afastado do centro, mas com um quintal enorme, de 2.000m²!!! Eu finalmente tinha conquistado meu quarto grande uma suíte só para mim.

Então quando chegou a hora de ter minha própria casa, eu e meu marido tivemos a oportunidade de construir nossa casa. E foi do jeitinho que tínhamos sonhado, do projeto, acompanhando o passo a passo a construção de um sonho, à decoração até plantar a grama do nosso quintal (isso nós fizemos, acredite!, depois posto umas fotos!), então nossa família cresceu, e durante todo esse tempo nossos vizinhos eram ninguém menos que meus pais e me irmão e minha avó que morava na casa da frente.

Aí a vida aos poucos vai exigindo pequenas mudanças, e quando a gente menos espera surge uma necessidade de uma GRANDE mudança! Para estar mais perto do meu pequeno, continuar acompanhando seu dia a dia, e continuar me dedicando à minha família que é a minha prioridade, nós decidimos que estava na hora de encontrar um novo lar, mais perto dos trabalhos.

Então encontramos nosso novo lar, mas a minha visão de morar em apartamento sempre foi um pouco embaçada, digamos preto e branco.

Mas encontramos nosso apê com as características que eu exigia para poder sair da minha casinha, que não é grande, mas tinha um quintal grande e a minha família ali do lado!

No próximo post a gente continua…

* vou falar sobre as minhas ideias; a experiência de morar de aluguel; de como consegui trazer e encaixar meus móveis; os pontos positivos, os pontos negativos; como decorar um imóvel alugado e muito mais.

Abraços,

Thaísa Martinello

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s